Frutos da Ligação

O Brasil é reconhecido por sua diversidade cultural, herança dos povos nativos, das colonizações e migrações que ocorreram ao longo de sua história. Cada região possui e cultiva características e costumes próprios. Porém, a globalização fez do indivíduo um ser multicultural e multifacetado, sendo característica da pós-modernidade o hibridismo cultural, resultante do intenso intercambio de saberes.

Entretanto, valorizar e preservar as culturas locais, concomitante a inevitável absorção de novas culturas e hibridismo cultural, é o que mantém o indivíduo pertencente a um determinado local ou lugar e o que torna um lugar único, com características singulares.

A obra Frutos da Ligação é composta por três hastes de ferro fixadas no solo de um canteiro público, contendo estruturas de “Orelhões” presas no topo. Os Orelhões foram suporte para a pintura, mimetizando frutas cítricas cortadas ao meio. A obra faz alusão ao cultivo de citros, tradicional no município de Montenegro. A instalação da obra no espaço público vem a somar com os ícones que compõem a cultura material do local.

A proposta, contemplada no Prêmio Funarte Descentrarte,  buscou propiciar aos munícipes e visitantes o convívio com uma obra de arte integrada ao entorno urbano, tornando-o mais atrativo e fortalecendo sua identidade.  Preservar a memória de um marco do design urbano brasileiro, através da apropriação e manipulação das cúpulas de orelhões. Fomentar a discussão sobre arte contemporânea, história, apropriação nas artes visuais, identidade cultural, pertencimento e espaço público.

Frutos da ligação 2.JPG
uol.JPG
vistaok.JPG

Conteúdo educativo

 

Faça o download do material educativo, imprima em folha A3 e compartilhe o conhecimento.

lado1.jpg
lado2.jpg